INFORMAÇÕES E NOVIDADES

Blog & Vídeos

treino

O impacto do treino específico para glúteos no resultado final da Bioplastia

Apesar da Bioplastia estimular a produção de colágeno (e fibrose) no intramuscular profundo, o que traz uma projeção significativa da musculatura glútea como consequência, já observamos que as pacientes que praticam treino específico para o bumbum após o procedimento ficam com um resultado acima da média.

Partindo desse ponto, sabemos que o objetivo de deixar o bumbum bonito é o mais encontrado nas mulheres que procuram academias e centros de treinamento. Os quais aplicam uma grande variedade de exercícios para o glúteo se adaptar e atingir a forma tão desejada.

Entretanto, é muito frequente a insatisfação com os resultados obtidos. Mesmo com sessões de treinamento intensas e extensas direcionadas à musculatura componente do bumbum.

Mas porque isso acontece?

A resposta que podemos atingir nos glúteos depende de vários fatores, tais como genéticos, idade, alimentação, tempo de treinamento e, principalmente, escolha dos exercícios.

Como o objetivo deste texto é descrever o treino específico para a musculatura do bumbum, focalizaremos nesse fator em específico.

Na figura acima, podemos visualizar os diversos músculos que compõem o glúteo.  O maior deles, o GLÚTEO MÁXIMO, é responsável por realizar extensão, a abdução e a rotação externa do quadril. O GLÚTEO MÉDIO e MÍNIMO possuem como a principal função a abdução do quadril quando estamos na posição em pé.

Infelizmente, uma das principais funções dos músculos do bumbum é praticamente esquecida no cotidiano de muitos profissionais que elaboram programas de treinamento com este objetivo, A ESTABILIZAÇÃO DA PELVE, que pode ser comparada ao que ocorre com os músculos que envolvem a musculatura do ombro, que fixam o braço ao tronco.

Você já deve ter reparado no belo bumbum de atletas que praticam esportes como futebol, basquete, entre outros. Os movimentos unipodais, que exigem estabilidade, equilíbrio e controle motor, são muito comuns nestes esportes. E, se você já teve a oportunidade de acompanhar a rotina de treinos destes atletas, deve ter percebido que a rotina de exercícios em máquinas é muito pequena.

Desta forma, como podemos observar na figura abaixo, extraída de um estudo que avaliou o nível de contração muscular nos principais exercícios praticados com o objetivo de definir a musculatura do bumbum, os melhores exercícios são os realizados fora de máquinas, com grande componente unipodal e de estabilidade da pelve.

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7039033/

O impacto de um treino bem direcionado

Agora que conhecemos os melhores exercícios para turbinar o bumbum, muitos devem estar se perguntando: como elaborar um programa de treinamento que resulte num belo par de glúteos. Apesar de vermos muitos treinos muito parecidos, como um “copia e cola”, praticado nas academias e centros de treinamento, não há uma receita de bolo.

É impossível querer um bumbum bonito e não prescrever um treino voltado para a hipertrofia máxima dos glúteos. O primeiro princípio é o volume, pois é muito difícil vermos hipertrofia com um número de séries inferior a 10 por semana. Quanto maior for o volume, maior será a resposta do bumbum.

Outro fator é o número de repetições. A hipertrofia ocorre de forma semelhante, a grosso modo, entre 6 e 20 repetições em cada exercício. E, por fim, o ajuste das cargas, que devem estar de acordo com o número de repetições em cada exercício, sendo fundamental chegar próximo da fadiga ao final da série.

Outro fator importante para deixar o bumbum bem desenhado, empinado, “na nuca”, como muitos gostam de afirmar, é aliar o treino com um gasto calórico que permita reduzir a gordura corporal ao ponto de o desenho do bumbum não ser prejudicado pelo excesso de gordura na região lombar e na parte posterior das coxas.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Em resumo, para obter o melhor resultado da Bioplastia na conquista do bumbum dos sonhos, é importante buscar auxílio de um profissional de educação física que seja um especialista no assunto. Ele irá prescrever um treinamento físico direcionado para a hipertrofia de todos os músculos do glúteo. Com exercícios que exijam uma complexidade de movimento, como instabilidade, extensão, rotação e abdução do quadril.

Dr.

Túlio Souza

Médico formado pela Universidade Federal de Santa Maria (RS) com mais de 14 anos de experiência em preenchimentos definitivos. Aprendi sobre preenchimento com os criadores da técnica no mundo: Dr. Gottfried Lemperle e Almir Nacul. Minha missão é levar procedimentos sérios e seguros aos nossos pacientes, sejam eles estéticos ou reparadores.

Leia também

celulite
Pesquisas e tendências em medicina

Celulite: unindo técnicas para combatê-la

A celulite é, sem dúvidas, um assunto muito presente e desafiador na vida das mulheres. Devido a diversos fatores que abordaremos ao longo deste texto, e independentemente do biotipo, é

LEIA MAIS
Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação e fornecer conteúdo personalizado. Ao continuar a utilizar nosso site, você concorda com nossa política de privacidade e uso de cookies.
Saiba Mais